wowhead

Durante a BlizzCon, tive a oportunidade de conversar com a Perculia, do WoWHead! Confira as curiosidades:

Lorie: Com a chegada do WoW Brasil, vocês tem planos de lançar a versão do site em português?
Perculia: Sim! E o Wowhead sempre está procurando traduzir para mais línguas e certamente estará procurando pessoas para ajudar, voluntários que possam auxiliar a comunidade. Atualmente damos suporte para 5 idiomas.

Lorie: Quando o WoWHead começou?
Perculia: O Wowhead começou no Vanilla. Antes era só um database, com todos os itens do World of Warcraft. Depois adicionamos a parte de guias, blue posts e novidades, no wowheadnews.com, além de guias específicos como o que fiz sobre Transmogrification. Queria que os jogadores tivessem onde encontrar as informações precisas sobre a gear que buscavam.

Há quanto tempo você trabalha pro WoWhead?
Perculia: Desde abril

Lorie: Você joga WoW com qual classe/raça?
Perculia: Jogo com uma Night Elf Rogue, a Perculia.

Lorie: O que você faz além de participar do WoWHead?
Perculia: Sou officer em uma guilda e estou terminando a tese de Contemporary Art Museum.

Lorie: O que você achou da expansão Mists of Pandaria?
Perculia: Joguei de Monk até level 9. Não vi o momento da escolha entre Horda e Alliança, mas fiquei impressionada com o demo, achei realmente muito bom, eles fizeram um ótimo trabalho com os gráficos e os cenários.
Estou ansiosa para saber como isso vai se encaixar no Lore. É bem diferente ter uma classe baseada na paz.