Hoje apresentamos uma nova coluna no WoWGirl – e uma nova colunista! Ela é a criadora do Tumblr Transmog Fashion Week, e a partir de agora trará sugestões semanais para incrementar o visual de seus personagens no World of Warcraft.  Conheçam a Alessandra =D

Quem sou eu?

Oi, eu sou a Alessandra. Sou bicho de internet desde sempre e hoje trabalho com redação e arquitetura de informação para web. Sou paulista e moro no Rio de Janeiro há 8 anos com meu marido e minhas 3 gatas (do tipo felino, para os desavisados).

Jogo WoW desde 2006, quase sempre na Horda – mas agora tenho alts e uma guilda de amigos na Aliança. Já fiz todo tipo de coisa em JxA – desde completar o Loremaster a, na época da Burning Crusade, ir até o end game. Agora prefiro colecionar mascotes e montarias, missões bacanas e roupas diferentes, além de ajudar noobs por toda Azeroth.

Atualmente jogo no Nemesis. Na Horda vocês me encontram com a minha main, Lindadmorrer. Na Aliança, em alguma das minhas mil alts na guilda “Sua mãe também”.

Por que transmog?

Eu vejo o interesse em transmogrificação quase como uma subversão dentro do ambiente de jogo. A maioria das pessoas joga para subir de nível, pegar itens, matar chefes de raides, conseguir pontos e tal. Coisas “sérias”, “importantes”. Mas às vezes, entramos numa espiral maluca de acumulação de pontos e itens e esquecemos que a função principal de um jogo é a diversão. E o ambiente do World of Warcraft é vasto demais para ficarmos rodando em dois ou três mapas para sempre.

Transmog não é apenas sobre aparência. Eu não sou uma pessoa vaidosa, muito longe disso! É sobre ver conteúdo antigo, explorar territórios, pesquisar na internet, dominar a Casa de leilões. Serve até para discutir questões de gênero. Afinal, a transmogrificação fez muitas das mulheres que jogam “saírem do armário” – e isso não pode ser nada menos que ótimo.

Agora, vamos ao look da sem… ops, transmogrificação da semana!

Conjunto em Couro Azul

Este set é uma variação do que fiz para participar do Mog Madness, um concurso de transmogrificação que alguns blogs estrangeiros estão promovendo (para quem ficou curioso, vejam os resultados do segundo  e terceiro rounds.

Este é um conjunto de couro e não tem peças específicas para alguma classe, portanto, druidas e ladinos podem usar.

 

 

 

O que você precisa:

- muita paciência para pesquisar na Casa de Leilões – a maior parte deste conjunto Glífico é fácil de encontrar por lá;

- alguém com Couraria para fazer as luvas;

- ir ao Abismo da Rocha Negra matar o Hurley Bafonegro algumas vezes (é o chefe do bar, que aparece depois de quebrar os barris);

- opcional, para a arma: uma meia dúzia de 85s para matar o Magtheridon ou ir à Prova do Campeão matar a Confessora Palitress.

Lista de compras:

Cabeça: Tapa-olho da cólera

Ombros: Palas glíficas 

Torso: Peitoral glífico 

Cintura: Cinto glífico

Pernas: Perneiras glíficas 

Pés: Botas glíficas 

Mãos: Manoplas do mar 

Arma: Limpa-osso ou Glaive do abismo