X

Alô você, leitor!! ❥

Tudo bem com vocês, domadores, treinadores, colecionadores e simpatizantes?

Lembram-se do Q&A que rolou na BlizzCon do ano passado onde foram citadas as “Pet Battle Dungeons”? Se você não viu, pode dar uma conferida aqui (em 44:22 minutos)! Nesse guia irei abordar tudo sobre ela, a tal Masmorra de Batalha de Mascotes: Missão inicial, sobre o cenário, oponentes, boas composições para as batalhas, recompensas… então vem comigo!


Bichos Ululantes x Torneio Celestial

Primeiro de tudo, vou falar a respeito de um questionamento que brotou na cabeça de muita gente: “Será que terá o mesmo grau de complexidade que o Torneio Celestial de Pandaria?”

Sendo bem sincera, eu não achei nem um pouco parecido. Mesmo que em determinada parte exija que você não cure nem reviva seus mascotes com habilidades externas ou bandagens (habilidades como Desejo podem ser utilizadas, se necessário), minha impressão foi de ser um cenário bem menos complexo, principalmente porque as qualidades da maioria dos mascotes oponentes é inferior a Rara (sendo a mais frequente, a Comum, a qualidade branquinha – porém, ainda assim eles são fortes! Mais que os comuns selvagens que você encontra em mapas abertos). Eu também não achei os mascotes de recompensa tão atrativos como os do Torneio Celestial são, porém, alguns são engaioláveis – consequentemente, dá para vender na Casa de Leilões, e todo o ouro é bem-vindo, né?

Especula-se que haverá mais cenários desse tipo… Mas vamos falar disso num futuro artigo.


🐾 Missões e Recompensas

Missões e Recompensas

O Começo:

⚠️ Requer que você seja nível 110 e tenha, pelo menos, um mascote no nível máximo (25)

Vá até a loja de artigos para mascotes na nova Dalaran, que está localizada entre a Plataforma de Krasus e a entrada para a área da horda, bem perto do centro de Dalaran, como está marcado no mapa abaixo:

Lá, a trolesa Serr’ah terá uma missão para você!

Aceitando a missão “O Chamado das Cavernas”, é pedido para que você procure a taurena Muyani na Caverna Ululante, no mapa Sertões Setentrionais:

Assim que chegar a essa localização do mapa, você encontrará Muyani dentro da parte superior do que se parece uma “caveira”. Então não é exatamente dentro da Masmorra instanciada da Caverna Ululante, mas sim, nesse cantinho que eu indico:

E ela estará lá esperando por você para combater um mal muito estranho que paira na caverna com as missões que seguem:

⚠️ A primeira vez que você terminar a Masmorra, o PNJ Manapuff, que fica ao lado de Breanni em sua Lojinha de Suprimentos para Mascotes, terá uma opção de te teleportar diretamente para frente de Muyani:

Recompensas:

A primeira missão será dada com o objetivo de derrotar o ultimo chefe, sendo possível a cura/ressureição dos mascotes, por meios externos, dentro do cenário.

Sua recompensa é uma Pedra de Treinamento de Batalha Máximo que aumenta o nível de seu mascote para o máximo, 25, independente de que nível ele se encontra: poderá ser um nível 1, ele nivelará para o nível 25 – bem como, um nível 14 ou 24 também. Qualquer nível será upado para o 25 com a pedra.

Ao completar o cenário nesse modo, Muyani dará outra missão – dessa vez será a semanal de limpar o cenário sem qualquer cura ou ressureição dos mascotes por intermédio externo, tais quais, a habilidade que Ressuscita Mascotes de Batalha ou bandagens (habilidades como Desejo podem ser utilizadas, se necessário).

A recompensa são os Suprimentos Umidos para Ajudantes, podendo conter pedras de nivelamento, pedras para alterar a qualidade de seus mascotes, bandagens, patuá de mascotes, e três novos mascotes que são enjauláveis. Um quarto mascote será obtido em conjunto com uma conquista (Desafio de Batalha de Mascotes: Caverna Ululante) assim que completar o cenário nesse modo!

Filho de Skória, que inclusive é um dos chefes desse cenário, será o mascote que virá junto com a conquista.

A aparência dos mascotes e seus respectivos ataques você pode conferir abaixo:

🐾 Filho de Skória 

🐾 Caninana da Caverna 

🐾 Peçonhento Jovem 

🐾 Esporo Sempre-Vivo 


🐾 O Cenário

O Cenário

Para iniciar o cenário, basta falar com Muyani, e selecionar a opção de te teletransportar para ele.

Lembrando que apenas será possível curar seus mascotes na primeira vez que você fizer o cenário, da segunda em diante, após completar pela primeira vez, o botão da habilidade será desativado, bem como as bandagens!

O cenário tem a mesma aparência da masmorra regular Caverna Ululante, porém não possui mobs para atacar/limpar, apenas os mascotes de batalha que você deverá enfrentar. Cada estágio corresponde aos “mobs” que você limpa antes de cada “chefe”, aumentando a dificuldade de estágio para estágio.

Estágios do Cenário

O cenário conta com onze batalhas de mascotes, divididas em sete estágios:

🔸 Primeiro Estágio: Falar com Muyani para entrar no cenário e vencer três batalhas para conhecer seus oponentes que serão mascotes secundários nos próximos estágios: Mascotes do tipo Fera, Aquático e Voador. São acompanhados de mais dois mascotes aleatórios, idênticos aos disponíveis para essas primeiras batalhas. Todos eles terão qualidade comum (branca).

🔸 Segundo Estágio: Uma batalha contra Filho de Skória, primeiro chefe em qualidade épica tipo Fera, acompanhado de mais dois mascotes aleatórios idênticos aos primeiros que você enfrentou, em qualidade comum. Filho de Skória possui um buff exclusivo dos chefes da masmorra.

🔸 Terceiro Estágio: Três batalhas contra serpentes tipo Fera em qualidade incomum acompanhadas de mais dois mascotes aleatórios idênticos aos do primeiro estágio, em qualidade comum. Essas três serpentes possuem buffs exclusivos de redução de dano recebido.

🔸 Quarto Estágio: Uma batalha contra Sibila, Fera em qualidade Rara acompanhada de mais dois mascotes aleatórios idênticos aos do primeiro estágio, em qualidade comum. Sibila possui um buff exclusivo dos chefes da masmorra.

🔸 Quinto Estágio: Duas batalhas contra Ectoplasmas do tipo Mágico em qualidade rara, acompanhados de mais dois mascotes aleatórios idênticos aos do primeiro estágio, em qualidade comum. Os ectoplasmas possuem um buff exclusivo de redução de dano recebido.

🔸 Sexto Estágio: Confrontar uma sombra misteriosa que está dentro da caverna – só chegar perto mesmo, haverá um diálogo e, assim que terminado, começará o último estágio.

🔸 Estágio Final: Derrotar o último chefe da masmorra, Broto de Esporo Sempre-Vivo, mascote do tipo Elemental em qualidade lendária. Ele é acompanhado de mais dois mascotes aleatórios idênticos aos do primeiro estágio, em qualidade comum. Broto de Esporo Sempre-Vivo possui um buff exclusivo dos chefes da masmorra.

Passados todos os estágios e completando a missão, você pode sair do cenário relogando ou falando com Muyani no começo do cenário. Ela estará te esperando do lado de fora com sua recompensa, só entregar a missão!


🐾 Mascotes Utilizados

Mascotes Utilizados

Consegui concluir o modo desafio (sem usar qualquer tipo de ress/cura externa) da masmorra com alguns mascotes que são realmente muito simples de se obter e upar. Você não precisa usar tantos na primeira vez que faz a Masmorra, pois poderá curar/ressuscitar seus mascotes. Para o modo desafio, ficaram em torno de 10 mascotes, são eles para a composição principal:

🌟 Terogarrinha – Obtido como saque do tesouro Ninho de Terogarra em Talador. Esse mascote está com uma estrelinha brilhante do lado porque será seu campeão nessa masmorra. E-S-S-E-N-C-I-A-L. Tê-lo no seu time e sabendo como utilizar suas habilidades corta pela metade a quantidade de mascotes que você utiliza para o cenário! Ele possui habilidades de esquiva e cura e um ataque muito potente, que faz com que ele perdure por TODAS as batalhas até o final da masmorra. Se você não tem um desses no nível 25 TIRA ESSE CHAPÉU DE TREINADOR QUE TU NÃO MERECE ELE, RAPÁ! Mentira, coloca de novo o chapéu aí e vai upar teu Terogarrinha, ô saco de vacilo! Se quiser, upa até dois ou três porque vale a pena. Habilidades utilizadas: Golpe Alfa, Esquivar, Proteção da Natureza.


🔸 Fogo-Fátuo de Hyjal – Saque de Arquimonde em Pico Hyjal Pode ser obtido na Casa de Leilões. Habilidades utilizadas: Impacto Arcano, Desvanecimento, Desejo. Esse mascote será seu fiel companheiro na maioria das batalhas como terceiro mascote. Por mais que raramente ele entre em batalha, é um suporte muito importante com seu Desvanecimento + Desejo e fortes ataques de Impacto Arcano. Ele pode curar seu Terogarrinha, se estiver em estado crítico, por exemplo.


🔸 Destruidor Pessoal de Mundos  –  Mascote criado pela profissão engenharia. Pode ser obtido na Casa de Leilões. Habilidades utilizadas: Punho de Ferro, Supercarga, Tremor.


🔸 Aniquilador de Bolso – Saque de Aniquilador do Caos em Bastilha da Tormenta. Pode ser obtido na Casa de Leilões. Habilidades utilizadas: Punho de Ferro, TremorSupercarga.


🔸 Robô-foguete Azul de Corda  – Sua velocidade é superior aos demais que possuem habilidades similares, pode ser comprado em vários PNJ pelo mundo, inclusive o Assistente de Corda, na loja de brinquedos de Dalaran (Nortúndria)Habilidades utilizadas: Míssil, Campo Minado, Granada Grudenta.


🔸 Morde-Joelho Zandalari e Corta-Tornozelo Zandalari – Saque de vários mobs da Ilha de Gigantes, principalmente Dinomante Zandalari. Pode ser obtido na Casa de Leilões. Habilidades utilizadas: Grupo de Caça, Garra Negra, Salto. Mascotes importantíssimos! Capazes de praticamente solar os chefes! Porem preste atenção na breed, que deve ser P/P para melhor efetividade. Outras breeds também funcionam, mas é com a P/P que você tem melhor desempenho.


🔸 Blingzinho – Chance de saque de: Pacote de Prêmio Blingtron 4000, Pacote de Prêmio Blingtron 5000 e Pacote de Prêmio Blingtron 6000 dos respectivos Blingtrons. Pode ser comprado na Casa de Leilões. Habilidades utilizadas: Inflação, Blindagem Extra, Chuva Dourada (que nome, heim…). Acho que, da lista, é o mascote mais “raro” de ser obtido.

OU

🔸 Tonque de Negraluna – Comprado por 90x Cupom Premiado de Negraluna na PNJ Lhara, na Ilha de Negraluna durante o evento mensal da Feira de Negraluna. Habilidades utilizadas: Míssil, Choque e Admiração, Canhão Iônico.


🔸 Protinho e/ou Protodragonete de Esmeralda – Protinho pode ser obtido do Ovo Rachado, que você pode entender como pegar neste guia de reputação. Ele também pode ser comprado na Casa de Leilões. Já o Protodragonete de Esmeralda é um mascote selvagem encontrado na Bacia Sholazar. Prefiro o Protinho pelo fato de seu HP total ser 200 pontos maior que a maioria das breeds dos Protodragonete de Esmeralda, mas é capaz de que você já possua esse último em qualidade rara e no nível 25, devido sua ótima usabilidade em batalhas.  Habilidades utilizadas: Sopro, Bênção Ancestral, Protoataque.


🔸 Protodragonete Férreo – Saque de Navalhada em Ulduar. Ele é preferível na breed H/H e também preferível no lugar de um dos protos mencionados acima pela sua durabilidade em batalha. Eu o colocaria no lugar de um Protinho. Habilidades utilizadas: Golpe com a Cauda, Pele de FerroBênção Ancestral.


⚠️ Outros mascotes úteis:

🔸 Arraiazinha Etérea – Se você não tiver nenhuma das arraias (Arraiacéu/Arraia Etérea) em qualidade rara e/ou nível 25, a melhor opção é capturar em Eternévoa mesmo. Elas aparecem com nível em torno de 18, e ao serem capturadas, descem 2 níveis. Mas é relativamente mais fácil upá-las para o nível 25 do que as duas outras alternativas, que são aprendidas no nível 1. Também abrem a possibilidade de serem capturadas em qualidade rara, economizando nas pedras de upgradeHabilidades utilizadas: Impacto Arcano, Vento Cortante, Choque Sombrio.


🔸 Robô-foguete de Corda e Fumacinho – Cada um deles tem uma obtenção diferente, o Robô-foguete de Corda é obtido em um Presente Roubado, no evento Véu de Inverno e pode ser comprado na Casa de Leilões. Fumacinho pode ser feito com a profissão Engenharia, mas também pode ser comprado na Casa de Leilões. O ideal seria o Robô-foguete Azul de Corda mesmo, pela sua velocidade superior, mas se você tiver algum desses no nível 25, poderão ser utilizados. Habilidades utilizadas: Míssil, Campo Minado, Granada Grudenta.


🔸 Estrelita de Ferro – Obtida através das missões Apresente-se ao Rei (Aliança)/ O Alerta para O Chefe-Guerreiro (Horda). Pode ser comprada na Casa de Leilões. É um trunfo dos mascotes mecânicos. Um nuke maravilhoso. Todo treinador deveria ter 3 delas. Habilidades utilizadas: Golpe Final, Bola Poderosa, Supercarga.


🔸 Galinhas, Perus e Grifinhos – Qualquer galinha ou peru serve, bem como o Grifinho Martelo Feroz. O essencial aqui é ter as habilidades Revoada e Grasnado. Geralmente como preenchimento, a habilidade Bicada. Se você não possui nenhum deles em nível alto ou qualidade rara, dê prioridade em mascotes que você possa capturar em nível um pouco mais alto. Mascotes voadoras são relativamente fáceis de upar, porém pegá-los em níveis mais altos facilita sua vida. O Peru do Planalto, por exemplo, pode ser encontrado em nível 25 (ao capturar, ele desce pra nível 23) em Trommheim. Se você não for capturá-lo em qualidade rara e preferir usar uma pedra de aprimoramento (como a Pedra de Batalha Impecável, por exemplo), escolha sempre a Breed mais forte, nesse caso, eu indico a P/H. São mascotes bem de preenchimento, pois tomam pouco dano para Feras, desferem maior dano em aquáticos e possuem boa estabilidade contra voadores. Se você possui outros bons mascotes nível 25 para lutar contra os oponentes secundários, não há problema em utilizar os de sua preferência*.


🔸 Mariposas – Mariposas como Mariposa LumecéuMariposa CerúleaMariposa AsarrubraAsesporo PoeirentoAdejante do Vale, possuem a habilidade Chamar Raio, que combinada com suas outras duas habilidades, Contrafeitiço e Vento Cortante, as tornam ótimas auxiliares nas batalhas.


🔸 Cria de Onyxia (selvagem) ou Dragonetinho Onyxiano (Aniversário do WoW) – Cria de Onyxia pode ser obtida como mascote selvagem em Pântano Vadeoso, preferível com uma breed P/P, já que os pontos de vida variam muito pouco dentre as breeds. Nesse quesito, a vantagem é do Dragonetinho Onyxiano, pois possui 200 pontos de vida a mais que a versão selvagem. O problema é que fora um mascote de evento de aniversário de quinto ano do WoW, e por enquanto, não pode ser obtido. Mas se você tem, é uma boa pedida. Habilidades utilizadas: Golpe com a Cauda, Chama Curativa, Decolar.


🔸 *Leve mascotes que se curam para lutar como segundo ou terceiro mascote! Clique nos links a seguir para conferir listas de mascotes que possuem habilidades como: Chama Curativa, Desejo, Bênção Ancestral, Proteção da Natureza, Tranquilidade, Canção Inspiradora (cura todos os mascotes), Consertar, Fotossíntese, entre outras.


🐾 Oponentes e Estratégias de Batalha

Oponentes e Estratégias de Batalha

⚠️ PRIMEIRO DE TUDO: Tenha certeza de ter instalado o AddOn PetTracker para poder ver o tempo de recarga das habilidades dos mascotes oponentes. Se você não sabe como ele funciona, dê uma olhadinha nesse guia aqui!

⚠️ Todos os mascotes são acompanhados de mais dois mascotes aleatórios secundários do primeiro estágio – inclusive no próprio primeiro estágio!

❣️ Dica: Se você está inseguro acerca dos mascotes secundários que poderá enfrentar, ou tem poucos mascotes para as batalhas, você pode colocar 3 mascotes quaisquer que não utilizará em nenhuma batalha (pode ser nível baixo) para dar uma olhadinha nos seus oponentes e sair da batalha logo em seguida, montando assim, um time mais efetivo para enfrentá-los. Os oponentes secundários aleatórios só mudam no momento que você deixa o cenário, não a batalha. Abandonar a batalha só retirará pontos de vida dos três mascotes que você tem nos slots ativos.

As batalhas não tem uma estratégia exata, pois além do Random Number Generator, os mascotes aleatórios atrapalham em criar uma estratégia fixa, como temos para a maioria das batalhas de mascotes.


1️⃣ Primeiro Estágio:

Você lutará contra os mascotes que serão oponentes secundários nos próximos estágios do cenário. Você poderá começar com qualquer um dos três que estarão ativos. São de qualidade Comum (Branca), mas seus status são tão altos quando mascotes de qualidade Rara, então não se deixe enganar pelas aparências!

🐾 Garrinha Anormal

Tipo: Fera

Habilidades do Oponente:

Grito Primevo, Feridas Expostas, Garra Infectada

A ordem de uso das habilidades de Garrinha Anormal sempre será Grito Primevo, seguido de Feridas Expostas e Garra Infectada como preenchimento enquanto as outras habilidades dele estiverem em recarga.

Mascotes que utilizei:

Terogarrinha acompanhado de mais 2 mascotes que não estão listados acima para levar o dano em área do Grito Primevo

Estratégia:

  • Abra com o seu Terogarrinha com Esquivar, pois é importante esquivar dos dois debuffs que o Garrinha Anormal dá!
  • Proteção da Natureza em seguida, para manter seus pontos de vida sempre altos e garantir a passiva racial de voador – também lhe transformando em Elemental. Terogarrinha possui benefícios de ambos os tipos (Voador e Elemental) com esse buff ativo;
  • Golpe Alfa até o primeiro Garrinha Anormal ser nocauteado.
  • Fique atento ao tempo de recarga de sua habilidade Esquivar e ao buff que Proteção da Natureza dá, que deve estar (quase) sempre ativo;
  • Para entender como utilizar os seus cooldowns com os outros oponentes, leia as outras estratégias e informações abaixo!


🐾 Mastigus Anormal

Tipo: Aquático

Habilidades do Oponente:

Sangue na Água, Pele Tóxica, Abocanhar – A ordem dos ataques de Mastigus Anormal será sempre Sangue na Água seguido de Pele Tóxica com Abocanhar de preenchimento enquanto as outras habilidades estão em recarga. Sangue na Água tem taxa de acerto de 50%, sendo 100% somente se o alvo estiver com o debuff  Sangrando, o que não será o caso nesse cenário, então, muitas vezes, esse ataque errará – e é o mais forte que o Mastigus Anormal tem. Tome cuidado com ataques contínuos como Revoada e Vento Cortante caso seu mascote estiver com a vida baixa e Mastigus Anormal com o buff de Pele Tóxica ativo.

Mascotes que utilizei:

TerogarrinhaFogo-Fátuo de Hyjal e um terceiro mascote qualquer. 

Estratégia:

  • Abra com seu Terogarrinha utilizando Esquivar – é importantíssimo sempre esquivar de Sangue na Água, principalmente se o Mastigus Anormal for um mascote secundário e seu buff da Proteção da Natureza estiver ativo. Caso ele acerte este ataque enquanto você estiver como Elemental, é um dano massivo. Então sempre acompanhe o cooldown do seu Esquivar para poder sempre tê-lo ativo quando um Mastigus Anormal puder usar Sangue na Água;
  • Proteção da Natureza em seguida, para manter seus pontos de vida sempre altos – sempre prestando atenção ao dano de Sangue na Água;
  • Golpe Alfa até o primeiro Mastigus Anormal ser nocauteado;
  • ⚠️ Caso seu Terogarrinha leve muito dano, troque para seu Fogo-Fátuo de Hyjal, utilize a habilidade Desejo, coloque seu Terogarrinha de volta à batalha e, se possível, utilize Esquivar. Se tudo der certo, pode ser que seu Terogarrinha volte a ficar com os pontos de vida cheios – se não, bem próximo disso. Algumas vezes você precisará fazer isso com seu Fogo-Fátuo de Hyjal mesmo, fazendo com que ele também fique com a vida cheia para continuar nas próximas batalhas.


🐾 Dentuço Anormal

Tipo: Voador

Habilidades do Oponente:

Rasante, Vento Ventania, Vento Cortante – e ele utilizará nessa ordem.

Mascotes que utilizei:

TerogarrinhaFogo-Fátuo de Hyjal e um terceiro mascote qualquer.

Estratégia:


2️⃣ Segundo Estágio:

Agora você enfrentará o primeiro chefe da masmorra de qualidade Épica! Ele será acompanhado por mais dois mascotes (aleatórios) que você enfrentou no estágio anterior em qualidade Comum.

🐾 Filho de Skória

Tipo: Fera

Habilidades do Oponente:

Trovoada, Litopele, Golpe Feral – que serão utilizados por Filho de Skória nesta ordem.

⚠️ Importante saber que Mascotes Chefes possuem esse buff:

Os mascotes comuns que o acompanham não são buffados.

Mascotes que utilizei:

Morde-Joelho Zandalari ou Corta-Tornozelo Zandalari (caso um destes seus for breed P/P, guarde para o último chefe) acompanhado de seu Terogarrinha e o Fogo-Fátuo de Hyjal

Estratégia:

  • Abra com um dos Zandalarizinhos de sua preferência utilizando Garra Negra;
  • Siga com  Grupo de Caça;
  • Finalize Filho de Skória com Salto – com o rebote de dano do Golpe Feral de Filho de Skória, ele será nocauteado;
  • Utilize seu Terogarrinha e seu FogoFátuo de Hyjal nas batalhas que seguirem utilizando de referência as estratégias do Primeiro Estágio.


3️⃣ Terceiro Estágio:

Neste estágio você enfrentará três serpentes de qualidade Incomum acompanhadas, cada uma, por mais dois mascotes (aleatórios) que enfrentamos no Primeiro Estágio, em qualidade Comum.

⚠️ Importante saber que elas possuem esse buff:

Entretanto, os mascotes de qualidade comum que as acompanham não são buffados.

🐾 Phyxia

Tipo: Fera

Habilidades do Oponente:

Escavar, Apertão, Presa Cruel – Serão utilizados nessa ordem.

Mascotes que utilizei:

Estratégia:


🐾 Serpemedo

Tipo: Fera

Habilidades do Oponente:

Sibilar, Apertão, Morder – Serão utilizados nesta ordem.

Mascotes que utilizei:

Estratégia:

  • Comece com seu Destruidor Pessoal de Mundos utilizando Supercarga seguido de Tremor – esta ultima habilidade enfraquecerá consideravelmente a backline adversária;
  • Continue com Punho de Ferro até nocautear Serpemedo ou ser nocauteado;
  • Finalize a luta com seu Terogarrinha e Fogo-Fátuo de Hyjal, utilizando a rotação do Primeiro Estágio.


🐾 Presavil

Tipo: Fera

Habilidades do Oponente:

Presa de Veneno, Puncionar Ferimento, Presa Cruel – Serão utilizados nesta ordem.

Mascotes que utilizei:

Estratégia:

Muito similar a estratégia contra Serpemedo, porém pela Presa de Veneno possuir um DoT de dano elemental, seu Aniquilado de Bolso pode ser nocauteado mais cedo que o Destruidor Pessoal de Mundos na luta anterior.

  • Comece com seu Aniquilador de Bolso utilizando Supercarga seguido de Tremor – esta ultima habilidade enfraquecerá consideravelmente a backline adversária;
  • Continue com Punho de Ferro até nocautear Presavil ou ser nocauteado;
  • Finalize a luta com seu Terogarrinha e Fogo-Fátuo de Hyjal, utilizando a rotação do Primeiro Estágio.


4️⃣ Quarto Estágio:

Agora você enfrentará o segundo chefe da masmorra, também acompanhado de mais dois mascotes comuns vistos no Primeiro Estágio.

🐾 Sibila

⚠️ Importante saber que Mascotes Chefes possuem esse buff:

Os mascotes comuns que o acompanham não são buffados.

 Tipo: Fera

Habilidades do Oponente:

Apertão, Sibilar, Presa Cruel – Geralmente são utilizados nesta ordem.

Mascotes que utilizei:

Estratégia com Blingzinho:

Estratégia com Tonque de Negraluna:

  • Comece com seu Tonque de Negraluna utilizando Choque e Admiração;
  • Dê a habilidade Míssil até que seu Tonque esteja perto de ser nocauteado pela primeira vez (antes de ser trazido de volta pela passiva da racial mecânica),  nesse momento, utilize a habilidade Canhão Iônico;
  • Contra o próximo oponente, se possível, utilize Choque e Admiração. Caso seja nocauteado no tempo de recarga do Canhão Iônico, continue a batalha com Terogarrinha/Fogo-Fátuo de Hyjal.
  • Aproveite para utilizar a habilidade Desejo caso necessite curar alguns dos dois mascotes.


5️⃣ Quinto Estágio:

Ah os Ectoplasmas… são dois mascotes idênticos de qualidade Rara que você terá que enfrentar. Também acompanhados, cada um, de mais dois mascotes comuns vistos no Primeiro Estágio.

🐾 Ectoplasma em Crescimento

⚠️ Importante saber que eles possuem esse buff:

Entretanto, os mascotes de qualidade comum que as acompanham não são buffados.

Tipo: Mágico

Habilidades dos Oponentes:

Mascotes que utilizei:

Como são dois mascotes, utilizei um tipo Draconiano para cada luta acompanhado dos secundários de sempre.

Protinho OU Protodragonete de Esmeralda para uma das lutas e Protodragonete Férreo para a outra luta acompanhados por Terogarrinha e o Fogo-Fátuo de Hyjal

Estratégia com Protinho ou Protodragonete de Esmeralda:

  • O Ectoplasma oponente utilizará Evolução – por ele ser mais rápido que você, não há como escapar do primeiro ataque, então aumente o seus pontos de vida (e da sua equipe) e se cure com Bênção Ancestral;
  • Evolução buffará o seu oponente, então Protoataque evitará o próximo dano e desfere um bom golpe no oponente;
  • Sopro como próxima habilidade e utilize Bênção Ancestral sempre que ela estiver fora do tempo de recarga – assim que seu Proto for nocauteado, finalize a luta com nossos fiéis escudeiros: Terogarrinha/Fogo-Fátuo de Hyjal. Lembre-se sempre de utilizar Esquivar nos tempos certos contra os mascotes oponentes. Evitar danos massivos é a chave para manter o Terogarrinha vivo até aqui!

Estratégia com Protodragonete Férreo:

  • O Ectoplasma oponente utilizará Evolução – por ele ser mais rápido que você, não há como escapar do primeiro ataque, então aumente o seus pontos de vida (e da sua equipe) e se cure com Bênção Ancestral;
  • Evolução buffará o seu oponente, então utilize Pele de Ferro para aumentar sua defesa;
  • Golpe com a Cauda como preenchimento enquanto Bênção Ancestral estiver no tempo de recarga (utilize sempre que ela estiver fora do tempo de recarga, bem como Pele de Ferro);
  • Assim que seu Proto for nocauteado, finalize a luta com nossos fiéis escudeiros: Terogarrinha/Fogo-Fátuo de Hyjal. E a mesma coisa: Esquivar um dano massivo ou aplicação de debuffs sempre que puder. Troque de mascotes durante a batalha para utilizar a habilidade Desejo caso necessário.


6️⃣ Sexto Estágio:

Agora você terá que chegar perto de uma sombra que está tirando uma soneca em um monte de palha um pouco mais a frente. Não tem nenhum tipo de confronto aqui – apenas você perturbando a soneca do “bonito” ali. Depois que o diálogo terminar, é hora do último estágio!

Obs: Este estágio não acontece mais da segunda vez em diante que você fizer o cenário.


🌟Estágio Final:

Hora de encarar o mascote de qualidade Lendária da masmorra, o último chefe!

🐾 Broto de Esporo Sempre-vivo

⚠️ Importante saber que Mascotes Chefes possuem esse buff:

Os mascotes comuns que o acompanham não são buffados.

Tipo: Elemental

Habilidades dos Oponentes:

Mascotes que utilizei:

Aqui é bom você sentir como seu Terogarrinha e seu Fogo-Fátuo de Hyjal estão com os pontos de vida deles, pois o Sopro Terrível dá um dano grande na sua backline! Portanto, considere trazer aqueles mascotes que possuem cura que eu citei na lista ali em cima. Mas se ambos estão com a vida quase cheia ou cheia, podem ser utilizados sim!

Morde-Joelho Zandalari ou Corta-Tornozelo Zandalari (o que for de breed P/P) acompanhado de seu Terogarrinha e o Fogo-Fátuo de Hyjal

Estratégia:

Concluída essa batalha, você poderá sair do cenário e pegar sua recompensa com Muyani! Parabéns! 🎉 


E é isso aí, meu querido leitor! Gostaria de saber, nos comentários, quem aqui já fez o cenário e o que acharam. Eu, particularmente, achei bem fácil mesmo. Neste guia eu tentei utilizar mascotes que são acessíveis e minimizar o máximo possível o número de níveis 25. Caso tenha alguma dúvida, pode comentar também que vamos tirá-la! Tem outras estratégias? Compartilhe com a gente!

Beijos, boas batalhas e até mais❣️