[Curiosidades] As referências culturais nos Lendários de Legion

14/07/17, por

Rawr, caros amigos (significa “oi” em druidês feral, minha língua)! É de conhecimento geral que o World of Warcraft esconde várias surpresinhas muito sutis – algumas nem tanto – em seu conteúdo. Grande parte delas envolve a cultura pop, faz homenagens a figuras conhecidas ou membros do staff da Blizzard e inclusive faz referência aos outros jogos da empresa. Esses segredinhos são inseridos de forma criativa em diversos aspectos do jogo (missões, nomes de itens, falas de personagens, etc) e geralmente servem apenas para divertir o jogador que conseguir captar a “piada”. Algumas referências são bem óbvias e conhecidas pela comunidade (tais como as missões envolvendo Harrison Jones, em homenagem ao personagem Indiana Jones, ou o título “Jenkins“, obtido através da conquista Leeeeeeeeeeeeeroy…?, que vocês sabem bem de onde saiu, né? ). Outras, no entanto, acabam passando despercebidas e somente são descobertas muito tempo depois de serem acrescentadas ao jogo. Pois...

Prévia da raide Templo Negro na Caminhada Temporal!

15/05/17, por

E aí, pessoal, sentindo saudades da época de Burning Crusade? 😍 O Patch 7.2.5 introduzirá ao jogo uma nova modalidade de Caminhada Temporal: as raides! A primeira raide de Caminhada Temporal disponível será a Templo Negro (Black Temple), uma das favoritas de toda a comunidade, que estará disponível durante a Caminhada Temporal de Burning Crusade. Nesse post, falaremos dos chefes da raide, de suas recompensas e de algumas novidades que vêm por aí. Vem comigo! Lendários Por enquanto, os únicos itens lendários saqueáveis em Templo Negro continuam sendo As Lâminas Gêmeas de Azzinoth, que ao serem obtidas dão a conquista Glaives de Guerra de Azzinoth, disponível apenas para Guerreiros, Ladinos, Caçadores de Demônios, Cavaleiros da Morte e Monges. Subsequentemente, obter os itens Glaive de Guerra de Azzinoth e Glaive de Guerra de Azzinoth (elas têm o mesmo nome mas são diferentes, note!) na Caminhada Temporal concederá a conquista I’ll Hold These For You Until You Get...

[JxJ] Onde (e como) gastar suas Marcas de Honra?

20/04/17, por

Olááá, migos, migas e simpatizantes! /wave 😊 A Marca de Honra está entre nós desde o lançamento de Legion – o que já aconteceu há um tempo bem considerável – e agora serve como moeda para obtenção de itens JxJ defasados (isto é, de séries anteriores), em substituição aos extintos pontos de honra. Confuso? Se você não faz parte da turma do JxJ talvez ache que sim, mas na realidade é muito simples. Aliás, o novo sistema JxJ pode até ser duramente criticado pelos jogadores mais ferrenhos, mas ninguém nega que ele colaborou muito com a obtenção de conjuntos de transmogrificação (especialmente para quem não se dedica tanto ao JxJ mas gostaria de obter os tiers das séries defasadas, que são bem menos utilizados como xmog do que os conjuntos de raide), itens de herança e algumas montarias. No post de hoje, mostro a localização de todos os vendedores existentes no jogo...

[JxJ] Temporada 2 de Legion acabando e Q&A com Holinka

10/03/17, por

Olá, amantes do JxJ, reclamadores do recente overpowering de moonkins e simpatizantes em geral! 😀 A Temporada 2 de Jogador versus Jogador de Legion está prestes a acabar! A Blizzard soltou a informação ontem (09/03) à noite e você confere todas as informações por aqui. Dá só uma olhada: Além disso, o desenvolvedor de e-Sports e JxJ de Legion, Brian Holinka, fez uma sessão de perguntas e respostas com a comunidade e tirou dúvidas acerca do futuro do JxJ no jogo. Listamos os principais pontos debatidos para você ficar por dentro das novidades: Aquisição de equipamentos JxJ Sobre a constante reclamação dos jogadores sobre o sistema de obtenção de equipamentos JxJ agora que não existem mais vendedores, Holinka explicou que haverá uma melhoria a fim de que os itens obtidos aleatoriamente ao fim das partidas de conteúdo JxJ, caso não sirvam para elevar a qualidade do gear do jogador, poderão ser levados...



[Transmog] O guia definitivo do Druida moderno – parte 4

27/02/17, por

Este é o 4º artigo de 4 posts da série O guia definitivo do Druida moderno. Druidas do meu Brasil, apreciadores de conjuntos de transmog em geral, atenção: tem post especial na área mais uma vez. Por aqui estamos em ritmo de festa e os sets de hoje são perfeitos para você comemorar esse Carnaval do melhor jeitinho: arrasando no WoW com um xmog super colorido, brilhante e fantasioso (vem dizer que não gosto de Carnaval, logo eu, rainha da bateria da Unidos de Vol’jin). Acontece que desde que fiz um projeto in-game usando A Última Relíquia de Argus todos os dias para descobrir quais eram os destinos possíveis (que você pode conferir clicando aqui), ando numa vibe meio Cataclysm – revisitar todos aqueles lugares destruídos pelo Senhor Asa da Morte mexeu comigo, com licença. Pois decidi trazer essa onda para a série de transmogs, e os conjuntos que mostro hoje são o...

[Arqueologia] Guia – Título “Diretor/Diretora”

02/02/17, por

Booooom dia, boa tarde ou boa noite para você, caro(a) leitor(a)! Hoje, minha missão é transformá-lo(a) em “Diretor/Diretora” (Headmaster/Headmistress), um dos títulos mais legais (e misteriosos) acrescentados ao jogo em Legion. Antes que você comece a se perguntar “mas por que raios eu preciso de guia para ganhar um título de arqueologia?”, vou logo avisando que esse título, especificamente, não faz parte do pacotão-geral-da-arqueologia (ou seja, não compõe a lista de títulos que ganhamos através das conquistas da profissão, como é o caso de “Professor”, “Professor Adjunto” ou “Professor Assistente”). O título “Diretor/Diretora”, muito pelo contrário, necessita de um tantinho de esforço da sua parte e, na falta de um adjetivo melhor, é um pouco obscuro. Infelizmente, ele não acompanha qualquer conquista (aliás, ainda espero pelo dia em que existirá uma conquista com o critério “obter xx títulos”, tá lendo isso, Blizzard?) e não há qualquer dica dentro do jogo...

Projeto in-game: A Última Relíquia de Argus

22/11/16, por

Oie galera! Faz um tempinho que não apareço por aqui (vida, né), mas hoje venho me redimir com este post pioneiríssimo – e já aproveito para comemorar esse 12º aniversário do WoW ao mesmo tempo. 💖 Na realidade, o que trago é o resultado de uma experiência in-game que andei fazendo nos últimos (e arrastados) meses de WoD e que, de alguma forma, foi o que manteve minha força de vontade para entrar no jogo até o lançamento de Legion. 😁 Decidi que era hora de, uma vez por todas, acabar com a minha curiosidade sobre A Última Relíquia de Argus e finalmente descobrir exatamente aonde o Teleporte om Defeito me levaria. Bem, os destinos nunca foram segredo para ninguém, mas eu queria mesmo era ver com meus próprios olhos e explorar direitinho cada localidade. Pois foi o que eu fiz, e, é claro, registrei tudinho para que você também possa descobrir os segredinhos desse item...