X

Saudações a todos os aventureiros do World of WarCraft! Aqui quem vos fala é a nova blogueira do WoW Girl. Eu me chamo Hellen, joguei RPG de mesa do WC por vários anos como uma high elf rogue da Horda (a mesa começou antes de sair o WoW, e portanto muito tempo antes dos blood elves mudarem para a facção red xD). Eu jogava na Horda com uma blood elf lock e antes dela uma troll rogue, mas atualmente estou afastada por causa da faculdade, mas pretendo voltar em breve!

Eu vi o pessoal comentando que gostam de posts sobre o Lore, então para inaugurar decidi fazer algo diferente… Eu chamei o meu amigo Panon, que fez um post convidado por aqui esses tempos atrás, para discutir sobre a política da Horda no cataclysm comigo pelo msn. E então, peguei o log e transcrevi na forma de narrativa com a ajuda dele como se fossem os nossos chars conversando para mostrar o ponto de vista dos habitantes de Azeroth.



Era uma manhã úmida e fria de outono quando Hellen Vess chegou à Moonglade, antiga capital dos Night Elves que agora serve como sede para o Cenarion Circle. Qualquer outro necromante seria recebido com hostilidade pelos druidas, mas à elfa era permitida a entrada nos seus domínios, pois ela estava ali para conversar com um antigo amigo seu.

Ela ignorou os olhares de ódio e desconfiança dos demais habitantes da cidade, em especial dos elfos noturnos que ainda guardavam rancor contra a sua raça, e foi direto para a cabana do jovem tauren. Entrou sem pedir permissão e pôs-se a falar:

Hellen:
– Bal’a dash Panon, espero não estar interrompendo nada.

Panon:
– Lakota – Falou ele enquanto colocava a mão direita sobre o lado esquerdo do peito em saudação – Não se preocupe, você não está interrompendo nada, estava apenas lendo um tomo sobre os dragões que o Caern Xarantaur me emprestou.

Hellen: – Como você pode se prender tanto ao passado enquanto tanta coisa ocorre ao seu redor?

Panon: – As políticas da Horda e da Aliança não me interessam mais. Agora que o Lich King não é mais uma ameaça eu só quero o meu merecido descanso para poder me dedicar aos meus estudos.

Hellen:
– A situação está muito mais grave do que você imagina, ou não ouviu as noticias de que o WarChief Thrall se retirou e deixou a liderança da Horda nas mãos do brutamontes acéfalo filho do Grom?

Nessa hora o tauren abriu um sorriso no rosto, como se soubesse de algo que a elfa ignorava.

Panon: – Sim, eu fiquei sabendo deste ocorrido. Mas diferente de você não acho que isso seja algo tão ruim assim… Devo entender que você está questionando a sabedoria do Thrall?

Hellen: – Falas com precisão tauren, acredito que o julgamento do Thrall tenha sido enubriado pelo seu afeto pelo filho de seu “irmão”. E não sou a única a compartilhar dessa opinião, o líder de seu povo também concordava comigo antes de morrer. Ou você acha que o grande WarChief seja impassível de erro?

Panon: – Ah! Você tinha que tocar na morte de Cairne não é mesmo? Mas se você queria com isso me convencer eu sinto lhe informar que não foi bem sucedida. O jovem Hellscream agiu bem em expulsar os Grimtotem de Thunder Bluff. Veja bem, não quis insinuar que o Thrall não possa errar, mas eu estive em NorthRend batalhando ao lado das tropas do Garrosh. E posso lhe assegurar, ele pode ser um jovem impulsivo, mas ele sabe o verdadeiro significado da palavra “honra” e tem o bem da Horda em seu “coração gigante”. Talvez ele seja exatamente o que a facção precisa para sobreviver nesses tempos caóticos de guerra.

Hellen: – Você não pode estar falando sério! O jovem Hellscream não passa de um bárbaro desmiolado! Ele até mesmo insultou a grande Rainha Sylvannas! Se ele não consegue nem compreender a importância tática da aliança com os Forsakens, como pode ele liderar bem a facção?

Panon: – Ele fez muito bem! Já estava na hora de alguém controlar aquele cadáver de elfa! O desastre no WrathGate foi responsabilidade dela por confiar em demônios e não prestar atenção ao que a Royal Apothecary Society fazia. Ela estava descumprindo as restrições de jamais usar o Blight novamente e além disso trouxe as Val’Kyrs para criar novos mortos-vivos! É bom ver que alguém finalmente está colocando os traiçoeiros Forsakens em cheque.

Hellen: – Já chega deste assunto velho amigo, nossas opiniões quanto à necromância e os Forsakens são muito diferentes, e não ganharemos nada discutindo a respeito… Mas retomando o ponto anterior, o imbecil que agora está como WarChief também comprou a sua inimizade com o líder dos trolls, Vol’Jin, a ponto do Shadow Hunter o jurar de morte. Será que um WarChief que desagrada todos os seus seguidores conseguirá se manter no posto?

Panon:
– Mas ele não comprou a inimizade de todos os seus seguidores! Ou você está se esquecendo dos nossos novos aliados pequeninos?

Hellen:
– A sim, os goblins! Como pude me esquecer deles?… Deve ser por que eles são insignificantes! O seu Trade Prince é um sujeito patético com aspirações a grandeza, chegariam quase a dar pena se não fossem tão desagradáveis.

Panon: – Eu também não morro de amores pelos verdinhos, mas não acho que o seu poder militar deva ser desprezado. Com a tecnologia deles ao lado da Horda a facção poderá finalmente se opor às armas dos anões e gnomos. Além disso você precisa selecionar melhor as suas fontes, pois esse boato de que o Vol’Jin tenha se desentendido com o Garrosh já está ultrapassado. Eles realmente tiveram uma desavença, mas após o Shadow Hunter conversar pessoalmente com o Thrall ele reconsiderou o seu posicionamento e se reconciliou com a atual liderança da Horda.

Hellen: – Espero que você esteja certo, talvez aquela pilha de músculos não seja tão ruim como WarChief… Apenas o tempo nos dirá com certeza, mas após essa nossa conversa eu já me sinto mais tranqüila. Anu belore dela’na, shorel’aran.

Panon: – Que o sorriso de An’she brilhe eternamente sobre nós. Ish-ne-alo por-ah.

E com isso a elfa se retirou para voltar aos seus afazeres em Under City. Enquanto saia ela pode ouvir dois night elves conversando em darnassiano sobre a volta dos Highbornes, mas apesar das semelhanças com o thalassiano ela não conseguiu compreender muitas coisas. Talvez isso tenha algo a ver com o ressurgimento de magos entre os kaldoreis…

Esse é o meu primeiro post, então espero que gostem ^^ E se alguém quiser me adicionar no msn, o meu e-mail é: hellenvess@hotmail.com