X

Oioioioioioi

Hoje eu chamei o Ché[email protected] pra falar sobre PVE e Warlocks ^^

Ouça o Podcast:

Vídeo:
[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=Vl9buDcbem0]

 

Se você tiver alguma dúvida sobre Warlocks (Bruxos) e quiser entrar em contato com o Chéquer, você pode usar o fórum oficial para tirar suas dúvidas AQUI

 

Resumo da entrevista (extremamente resumido):

K: A pergunta mais básica de todas, qual seu nome, sua idade e em qual cidade você mora?
C: Meu sobrenome é Chequer, tenho 21 anos e moro em Itaperuna/RJ.

K: Qual sua classe, raça e reino?
C: Sou Warlock, troll e estou a uns 2 meses no Azralon.

K: A quanto tempo você joga WoW e como foi que você começou a jogar?
C: Eu jogo desde Novembro de 2011, eu já tinha ouvido falar do WOW, mas nunca animei porque o Tibia sempre foi melhor. Quando eu vi que vinha pro Brasil uns amigos meus me enxeram o saco e a gente marcou de começar a jogar, nós quatro começamos a jogar no Gurubashi e quando abriu as transferências nós ficamos pulando de servidor até cair no Nemesis.

K: Sempre foi Horda?
C: Sempre fui heterossexual.

K: Me fale um pouco sobre como é jogar de Warlock, o que te levou a escolher essa classe?
C: Jogar de Warlock é uma arte para poucos, é a melhor classe do jogo, não tem nem o que discutir. Quando eu parei para ler sobre as classes e li Warlock, eu disse ‘É essa’, porque você sacrifica tudo para o poder, tudo relacionado a poder e as trevas.

K: Você trocou a sua raça recentemente de Blood Elf para Troll, o que motivou essa mudança?
C: More dots (risos). Trono do Trovão estava favorecendo bastante o Troll, e mesmo amando Blood Elf eu sempre achava que eu não estava dando o meu máximo por causa da raça também, eu tive que sacrificar meu glamour por mais poder.

K: Em quanto aumentou o seu DPS com essa mudança?
C: Eu fiz uma simulação com Troll, Blood Elf e Orc e o Troll ganhava do Orc mesmo sem os 5% a mais em Beast, que é o que torna o Troll bastante Overpower em Trono do Trovão. Em lutas que tem Beast, aumenta em 5% por causa do Beast Slayer mais 1 ou 2% por causa da racial do Troll ‘berserk’, é um ganho de 5 a 15k (por segundo) dependendo da luta. Lutas como o Horridon e Tortus chega a ganhos de 30k (por segundo).

K: Você se considera um cara de um char só?
C: Atualmente sim. No 4.3 eu cheguei a raidar com um Mage, mas desde Pandária eu estou sem tempo, e não tive saco pra upar e raidar com dois personagens.

K: Você se considera casual, hardcore, ou um meio termo entre os dois?
C: Eu acho que é mais um meio termo, apesar de estar numa progressão heróica e ter uma progressão razoável, a gente não é e provavelmente vamos demorar a ser uma das melhores guildas no Brasil.

K: A partir de quando você começou a se dedicar pra ter uma boa progressão?
C: No 4.3 eu entrei no core que eu estou desde então, naquela época era tudo um pouco mais light. Desde o lançamento de Mists of Pandaria o core começou a tomar um rumo mais sério.

K: Na sua opinião, o que uma pessoa que está começando no jogo agora precisa fazer pra ter uma boa progressão em PvE?
C: O que não deve ter é preguiça. Você tem que conhecer muito bem a luta e estudar muito a sua classe, não é questão de ter ou não dedos, mas de ser esforçado, estudar e sair desse mundinho de LFR que não leva ninguém a nada.

K: Sobre o tão falado ‘balanceamento/desbalanceamento de classes’, tem muito choro sobre isso no PvP, esse choro acontece no PvE também?
C: Demais. Chega a me dar câncer. Inclusive Mages e Rogues são ótimos pra chorar.

K: O que você diria pra uma pessoa que está em dúvida entre PvE e PvP?
C: Eu acho que a pessoa tem que vir comigo, de mãos dadas pra matar ursinhos. Falando sério, o ideal é o cara aproveitar tudo do jogo.

K: Se um amigo que vai começar a jogar wow agora, te pede uma indicação sobre qual classe ele deve upar primeiro, qual classe você recomendaria?
C: Não tem nem o que argumentar, a melhor classe do jogo, de longe, é o Walorck.

K: Qual a sua opinião sobre Mages e Shadow Priests?
C: Shadow Priest é aquele healer que tem preguiça de upar um Warlock, e Mages são Warlocks pra garotinhas.

K: O 5.4 vai trazer as Raides no modo Flex, o que você achou dessa novidade?
C: É complicado, esse modo pode ser ou fantástico ou catastrófico. O meu medo é em relação ao player médio, esse player pode se sentir obrigado a fazer o flex, o LFR e o modo normal. Isso pode se tornar muito cansativo.

K: Você começou a jogar no Cataclysm, fazendo um comparativo do conteúdo PVE do Cata para o MOP quais mudanças você enxerga?
C: Melhorou muito. O Cata começou muito bem, mas o que negativou muito a minha opinião sobre o Cataclysm foi a Dragon Soul. Mists of Pandaria até agora teve raides excelentes, apesar de ter tido alguns probleas com ‘trash’. Siege of Orgrimmar se for tão épico quanto parece, com certeza será lembrado por muitas pessoas.

K: O que você considera mais difícil: Jogos do super Nintendo ou Raid Heróica? (http://us.battle.net/wow/pt/forum/topic/9282219153?page=4#63)
C: Se alguém é retardado mental a ponto de comparar as duas coisas, os dois vão ser difíceis pra esse cara.

Dungeon
Eu acho muito legal, apesar de estarem muito fáceis em Mists of Pandaria

Raid Finder
Um câncer

Cenários/Cenários Heróicos
A idéia é muito boa, uma ótima alternativa pra diversificar um pouco e também pela Lore, mas ainda tem muito o que melhorar

Batalha de mascotes
Um passatempo

Brawlers Guild
Eu tenho um ódio profundo por quem criou aquele boss, o Hexos

Finalização – Recados